Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Entenda a crise nos EUA.

Há meses a Casa Branca e o Congresso estão envolvidos em negociações para chegar a um acordo que permita elevar o teto da dívida pública dos EUA e, assim, evitar o risco de calote. Nas últimas semanas, o presidente Barack Obama e líderes dos dois partidos - Democrata e Republicano - vêm se reunindo quase diariamente, mas ainda não conseguiram solucionar o impasse. O governo diz que, caso não haja acordo até 2 de agosto, os Estados Unidos terão de, pela primeira vez, deixar de cumprir seus compromissos financeiros. Analistas, no entanto, apostam em uma solução antes disso. Veja detalhes sobre os principais pontos da discussão. Qual o motivo da negociação? O governo americano precisa que o Congresso autorize uma elevação do teto de endividamento público para poder continuar cumprindo seus compromissos financeiros. Os Estados Unidos atingiram seu limite legal de endividamento público - de US$ 14,3 trilhões (cerca de R$ 22,3 trilhões) - no último dia 16 de maio. Na ocasião, o secretário do Tesou…

Principais Bacias Hidrográficas Brasileiras.

Imagem
Num mundo em que a escassez de água será problema cada vez mais grave, o Brasil é um país privilegiado, por concentrar cerca de 12% das águas do planeta. Apesar disso, o Brasil acumula vários problemas pelo mal aproveitamento e pela execução de grandes usinas hidrelétricas, pela ocupação dos mananciais e pela poluição. Os rios de grandes cidades e os que atravessam importantes áreas agrícolas recebem os dejetos orgânicos e químicos (agrotóxicos) sem tratamento prévio. Poluição e morte têm sido o destino de importantes rios e poucas ações foram colocadas em prática para reverter este processo. O Brasil possui, também, um dos mais elevados potenciais (capacidade) de geração de energia elétrica a partir da água. No entanto, metade deste potencial está situada na Amazônia distante dos grandes centros de consumo. As águas estão distribuídas irregularmente no território brasileiro e, próximo aos grandes centros econômicos e aglomerados populacionais, esse potencial está aproveitado praticame…

Quebra cabeça da Europa.

Emissões de gás carbônico em um mapa interativo.

Imagem
Através do serviço oferecido pelo site "Breathing Earth" é possível visualizar a quantidade de gás carbônico que é liberada na atmosfera a cada minuto. Mas como ocorre isso? É simples, basta apenas que você passe o cursor do mouse sobre um determinado país. Ao fazer isso você visualiza não só as taxas de CO2  que esse país emite, mas também algumas outras informações que serão descritas abaixo.

Do lado esquerdo estão disponíveis os seguintes dados: População do país (Population); quantos segundos se passam até que uma pessoa morra  (1 person dies every); quantos segundos se passam até que alguém nasça (1 person born every); quantidade de toneladas de CO2 liberadas a cada minuto (100 tonnes of CO2 every); quantidade de poluentes emitidos desde que você acessou o site (since you started watching); quantidade de CO2emitida por pessoa ao ano. (CO2  emitted per person)
Já do lado direito é possível verificar informações mundiais contabilizadas desde que você entrou no site. Assim…

A Geografia da obesidade.

Imagem
A obesidade atinge milhões de pessoas no mundo. A humanidade sempre se preocupou com a alimentação da população, pois a fome e a subnutrição sempre estiveram presentes na sociedade. 

Em tempos passados a sociedade não tinha como problema a obesidade, mas sim a subnutrição. 

Após o desenvolvimento das técnicas e da tecnologia (década de 70), a produção de alimentos teve um aumento muito grande e propiciou acessibilidade maior aos alimentos, além disso, as indústrias diversificaram os tipos de alimentos, apresentando vários atrativos de cores e sabores. 

Atualmente o percentual de pessoas obesas igualou e/ou superou o percentual de pessoas subnutridas, fato que ocorreu pela primeira vez na história da humanidade. 

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura, que aumenta a massa corpórea, assim, o peso fica acima do ideal. O estado patológico provoca uma predisposição maior a doenças, como problemas de coração, diabetes, sem contar que pessoas obesas têm uma expectativa de vida menor …

Como é formada a poeira cósmica?

Imagem
Visualização da poeira cósmica. Poeira cósmica ou interestrelar corresponde a fragmentos de carbono ou silicatos de tamanho reduzido que podem ser visualizados somente com o uso do microscópio, esses não ultrapassam um mícron (milésima parte do milímetro) de diâmetro, sua forma é irregular, em razão disso é denominado de grão interestrelar.

É possível definir poeira cósmica como um contíguo de matéria e radiação que ocupa as lacunas do espaço interestrelar.

No meio interestrelar a temperatura oscila de acordo com o estabelecimento de fontes quentes que se apresentam no local, em contrapartida existem áreas extremamente frias. Grande parte da matéria interestrelar (99%) é constituída por gases, sendo que desse total, 90% é composto por hidrogênio atômico ou molecular, incluindo aproximadamente 9% de hélio e 1% de outros componentes mais pesados em relação ao último elemento. Fonte : Brasil Escola.

Mamíferos do Cerrado.

Imagem
O Cerrado caracteriza uma vegetação predominante em grande parte do território brasileiro. Já chegou a ocupar um quarto da área do país, cobrindo dez estados, mas hoje resta menos de 20% dessa totalidade.

A presença das três bacias hidrográficas, que são as maiores da América do Sul, Tocantins-Araguaia, São Francisco e Prata, favorecem a biodiversidade da fauna e flora.

A partir desses dados, vamos restringir o foco de observação e análise na zoogeografia do Cerrado, ou seja, o potencial faunístico desse domínio fantástico.

A seguir veremos uma série de animais mamíferos que transitam nos variados subsistemas do Cerrado:
Anta (Tapirus terrestris)
Peso adulto entre 140 a 250 kg, locomove em todos os subsistemas do Cerrado, embora encontra-se com maior frequência em subsistemas de veredas e ambientes alagadiços e matas ciliares. Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), esta espécie encontra-se vulnerável (VU,Vulnerable).
Ariranha (Pteronura brasiliensis)
Peso adulto…